Justiça condena jornal por envolver Barça em doping

Diário 'Le Monde' terá de publicar uma retificação e indenizar os espanhóis em cerca de R$ 780 mil

Efe,

15 de janeiro de 2008 | 13h45

Um tribunal de primeira instância de Barcelona condenou o jornal francês Le Monde e o jornalista Stéphane Mandard a indenizar o Barça em 300 mil euros (cerca de R$ 780 mil) por ligar o clube catalão a práticas de doping. A sentença, que data de 10 de janeiro, aponta a falta de veracidade dos artigos publicados pelo Le Monde em 7 e 8 de dezembro de 2006. As matérias acusavam o Barça de "dopar" jogadores do time principal durante a temporada 2005/2006. Segundo o jornal francês, todo o procedimento estaria sob supervisão do médico Eufemiano Fuentes, principal acusado na chamada "Operação Puerto", esquema de doping que assolou o ciclismo profissional há dois anos. O Le Monde e Mandard deverão retificar a notícia nos termos que forem solicitados pelos catalães. A intenção do Barcelona é que seja divulgada uma nota desmentindo o vínculo de Fuentes com o clube e a utilização de substâncias ilegais para melhorar o rendimento de seus jogadores. O jornal francês também deverá publicar a sentença condenatória no site e na edição impressa do Le Monde, e também em dois diários de grande difusão da Catalunha. A publicação ainda pode recorrer da decisão.

Tudo o que sabemos sobre:
FC BarcelonaLe Mondedoping

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.