Lucas Merçon/ Fluminense
Lucas Merçon/ Fluminense

Justiça dá 15 dias para o Fluminense pagar dívida de R$ 4 milhões ao Grêmio

Origem da pendência é de 2013, quando o time carioca recebeu ajuda em um caso com o Clube dos 13

Redação, Estadao Conteudo

28 de fevereiro de 2020 | 20h10

O Fluminense tem o prazo de 15 dias corridos para pagar uma dívida de R$ 4.572.708,26 para o Grêmio. O tempo foi estipulado, nesta sexta-feira, pelo juiz Marcos Antonio Ribeiro de Moura Brito, da 29.ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ).

A origem da pendência é de 2013, quando de uma ajuda para o Fluminense em um caso com o Clube dos 13. O clube gaúcho solicitou no início do mês que o valor fosse penhorado da verba que o clube carioca tem a receber junto ao Grupo Globo, mas o magistrado entendeu por dar o prazo para o pagamento.

Em outubro do ano passado, em primeira instância, o Fluminense perdeu o prazo para recorrer e teve o trânsito em julgado certificado.

O clube das Laranjeiras recorreu em segunda instância para tentar anular o trânsito em julgado, mas por unanimidade, com a relatoria da desembargadora Maria Augusta Vaz Monteiro de Figueiredo, a 4.ª Câmara Cível negou o recurso e manteve o trânsito em julgado certificado em primeiro grau. Embargos de declaração opostos pelo Fluminense também foram rejeitados, de forma unânime, no último dia 18.

TREINO

O elenco do técnico Odair Hellmann voltou aos treinos nesta quinta-feira à tarde, visando a estreia na Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, diante do Madureira, domingo, às 18 horas, no Maracanã.

Depois da bela virada, por 4 a 2, sobre o Moto Club, pela Copa do Brasil, Hellmann gostou da atuação de Nenê e Ganso. A dupla poderá entrar em campo como titular pela primeira vez em 2020.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.