Divulgação
Divulgação

Justiça Federal remarca leilão de estádio do Guarani para 11 de maio

Os promotores entendem que o Brinco vale R$ 400 milhões

Estadão Conteúdo

20 de abril de 2015 | 18h45

O estádio do Guarani, o Brinco de Ouro da Princesa, irá a leilão novamente no dia 11 de maio, data marcada pela Justiça Federal. No entanto, o arremate no leilão anterior, feito pela empresa Maxion Empreendimento Imobiliários, pode fazer com que o novo evento seja cancelado.

Isso porque a avaliação federal é a de que o terreno vale R$ 400 milhões, preço inicial estipulado para o próximo leilão. Caso não apareça nenhum interessado, o valor cairá para R$ 240 milhões. No começo do ano, a Maxion arrematou o Brinco de Ouro por R$ 105 milhões.

A expectativa é de que não apareça nenhum interessado no Brinco de Ouro, já que o patrimônio já foi leiloado. A Justiça do Trabalho irá notificar a Federal para discutir sobre o assunto. Ana Cláudia Torres Vianna, juíza responsável pelo caso, ainda julgará os embargos.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
futebolGuaranileilão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.