Justiça mantém suspensa eleição do Rio

O desembargador Paulo Gustavo Rebelo Mota, da 5ª Câmara Cível do Rio, negou pedido de cassação da liminar concedida pela 3ª Vara Cível da Justiça do Rio, mantendo assim a suspensão da eleição para a presidência da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ffferj),prevista para esta quinta-feira. Na semana passada, o candidato de oposição, Paulo de Almeida, entrou com pedido na Justiça, alegando uma série de irregularidades no processo eleitoral. Entre as ligas municipais e clubes amadores relacionados como votantes pela Fferj, vários deles não estavam em condições legais de participar do pleito, de acordo com denúncia de Almeida acolhida pela Justiça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.