Justiça mantém suspensa eleição do Rio

O desembargador Paulo Gustavo Rebelo Mota, da 5ª Câmara Cível do Rio, negou pedido de cassação da liminar concedida pela 3ª Vara Cível da Justiça do Rio, mantendo assim a suspensão da eleição para a presidência da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ffferj),prevista para esta quinta-feira. Na semana passada, o candidato de oposição, Paulo de Almeida, entrou com pedido na Justiça, alegando uma série de irregularidades no processo eleitoral. Entre as ligas municipais e clubes amadores relacionados como votantes pela Fferj, vários deles não estavam em condições legais de participar do pleito, de acordo com denúncia de Almeida acolhida pela Justiça.

Agencia Estado,

02 de julho de 2003 | 18h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.