Juve e Roma jogam de olho na Inter

Juventus e Roma entram em campo neste domingo com a consciência de que não adianta apenas fazer a parte que lhes cabe. Além de jogarem por vitória, em duelos fora de casa, precisam torcer por tropeços dos rivais - e sobretudo da líder Internazionale. Se os milaneses vencerem, qualquer esforço terá sido inútil.A Juventus teoricamente está com tarefa mais complicada, porque enfrenta adversário ameaçado de rebaixamento. A Udinese tem 40 pontos e ainda não está livre de ser a quarta equipe remetida para a Série B. Para não seguir o destino de Lecce, Fiorentina e Venezia, já condenados, o clube de Údine necessita só do empate.A Roma vai a Turim para clássico com um rival que não tem nada a perder nem a ganhar. O Torino é 10º colocado, com 43 pontos - e está fora da briga por vagas nos principais torneios europeus e também não enfrenta a sombra do descenso. Os romanos terão Cafu na lateral-direita e provavelmente o retorno do meia Francesco Totti, principal articulador de jogadas no meio-de-campo.Há duas possibilidades de o torneio terminar com dupla liderança: Inter e Roma ou Inter e Juventus. Nessa hipótese, o scudetto será definido em jogo extra, no meio da semana. O eventual perdedor terá direito a disputar a Copa dos Campeões.A luta para fugir do rebaixamento também atrai atenção. O Brescia é o 15º lugar, com 37 pontos, e tem situação mais complicada. Não basta ganhar do Bologna (52), em casa, pois depende dos outros. Piacenza e Verona, com 39 pontos, se enfrentam - e o empate pode livrar ambos. As demais partidas: Chievo x Atalanta, Milan x Lecce, Parma x Venezia e Perugia x Fiorentina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.