Marcio Fernandes/AE
Marcio Fernandes/AE

Juvenal diz que São Paulo não perderá nenhum jogador

Presidente afirma que recebeu oferta baixa por Hernanes e que o ciclo de negociações está encerrado

24 de agosto de 2009 | 17h39

O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, afirmou nesta segunda-feira que mais nenhum jogador do São Paulo será vendido até o final do Campeonato Brasileiro. O dirigente disse confiar no potencial do time para conquistar o sétimo título.

 

Veja também:

linkSão Paulo comemora a volta de Hernanes para o clássico

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

Juvenal esteve presente em evento para anunciar a construção de uma unidade da academia Companhia Atlética no Estádio do Morumbi.

 

"Posso garantir que a equipe será a mesma até o final do campeonato", afirmou Juvenal. "O mercado não está bem e os preços estão muito baixos. O Hernanes vale 25 milhões de euros [cerca de R$ 65 milhões], e só ofereceram 11 milhões por ele. Não posso me livrar de um jogador de grande importância por um valor deste."

 

No começo deste mês, o São Paulo negociou Eduardo Costa com o Monaco, da França - esse jogador, segundo Juvenal, foi "muito bem vendido" e não estava nos planos do time.

 

Juvenal seguiu o exemplo de Luis Gonzaga Belluzzo, que afirmou que não venderá ninguém do Palmeiras até o final do Brasileirão. No próximo domingo, o São Paulo recebe o alviverde em jogo considerado fundamental para os dois clubes na luta pelo título.

 

CONTRATAÇÕES

Se nenhum jogador será vendido, o clube também não terá reforços. De acordo com Juvenal, o técnico Ricardo Gomes terá de trabalhar com o que tem para o restante do Brasileirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.