Juvenal Juvêncio deve ser reeleito presidente do São Paulo

O ex-judoca Aurélio Miguel briga pela presidência, mas favoritismo é todo do atual presidente do clube

Redação,

21 de abril de 2008 | 20h26

O presidente Juvenal Juvêncio deve ser reeleito nesta terça-feira presidente do São Paulo por mais três anos. No pleito, marcado para às 19 horas, o atual mandatário terá como rival o ex-judoca Aurélio Miguel (medalha de ouro na Olimpíada de Seul, em 1988).A principal crítica do opositor em relação à atual diretoria é sobre ao que chama de falta de transparência. "Gostaríamos de saber com mais detalhes como o dinheiro do clube é gasto", diz Aurélio Miguel, que reconhece suas pequenas chances de vitória. A maioria dos 239 conselheiros com direito a voto deve apoiar a continuidade de Juvenal Juvêncio no cargo.Apesar das críticas à administração, Aurélio Miguel não critica a condução do futebol tricolor. "A diretoria sempre tenta acertar", comentou, sobre a atual fase e as contratações do clube, criticadas pelo próprio Juvêncio - que bateu forte no adversário desta terça-feira. "A oposição é incompetente."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.