Fernando Alves/E.C.Juventude
Fernando Alves/E.C.Juventude

Juventude demite o técnico Jair Ventura após início ruim e sem vitórias no Gaúcho

Treinador ajudou clube de Caxias do Sul a se livrar no rebaixamento no último Brasileirão, mas não consegue repetir desempenho no Estadual

Redação, Estadão Conteúdo

11 de fevereiro de 2022 | 23h52

Durou menos de cinco meses a passagem de Jair Ventura no Juventude. O treinador foi demitido nesta sexta-feira após início ruim e sem vitórias no Campeonato Gaúcho, no qual o time figura na zona de rebaixamento, com somente dois pontos.

"O Esporte Clube Juventude, por meio do seu Departamento de Futebol, confirma a saída de Jair Ventura do comando técnico da equipe principal. Além do treinador, deixam o clube também o auxiliar-técnico Émerson Ávila e o analista de desempenho Antônio Macedo", informou o clube de Caxias do Sul.

Em cinco rodadas do estadual, o Juventude somou somente dois empates e três derrotas, ficando no penúltimo lugar, somente acima do Guarany. Curiosamente, Jair Ventura chegou ao clube para salvá-lo da queda no Brasileirão. Conseguiu, e ganhou moral com os dirigentes e os torcedores para iniciar a temporada. Os resultados ruins, contanto, acabaram abreviando a passagem do treinador pelo clube.

"Jair Ventura chegou ao Juventude em outubro de 2021 e guiou a equipe na reta final da Série A do Campeonato Brasileiro, garantindo a manutenção e alcançando o principal objetivo da temporada. Pelo extremo comprometimento ao longo de todo trabalho, o Esporte Clube Juventude reforça o sentimento de respeito pelo treinador e sua comissão técnica, desejando sucesso na sequência da carreira."

O clube se despediu do técnico e anunciou a chegada do experiente atacante argentino Mauro Zárate, de 34 anos, ex-América-MG, que assinou contrato até o fim da temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.