Juventude e Atlético-PR empatam sem gols em Caxias do Sul

O resultado foi ruim para ambos, mas para os gaúchos representou mais um grande passo no rumo a Série B

12 de outubro de 2007 | 22h46

Na abertura da 31.ª rodada do Brasileirão, Juventude e Atlético-PR ficaram no 0 a 0, na noite desta sexta-feira, em Caxias do Sul. Para o time da casa, o resultado representou mais um passo no rumo do rebaixamento, enquanto o visitante ganhou um ponto e segue na zona de classificação para a Copa Sul-Americana. Veja também: Classificação Calendário / Resultados O primeiro tempo foi morno, com poucas chances de perigo nas duas áreas. O Juventude forçou o goleiro Viáfara a fazer duas defesas com alguma dificuldade, em chutes de Fábio Baiano e Barão, aos oito e aos 33 minutos. O Atlético teve um chute de Dinei raspando o poste de Michel Alves, aos 24, e uma cabeçada de Rodolpho, aos 30, que o goleiro agarrou.Juventude0Michel Alves; Barão    , Wescley    , Nunes e Cazumba; Lauro, Vanzini (Marcelo), Fábio Baiano (Renato) e Alex Alves (William); Bruno e Tadeu    Técnico: Beto AlmeidaAtlético-PR0Viáfara; Danilo    , Rodolpho e Antônio Carlos; Jancarlos, Claiton, Valência, Netinho e Michel Bastos (Ramon); Dinei (William) e Marcelo Ramos (Pedro Oldone)Técnico: Ney FrancoÁrbitro: Paulo César Oliveira (Fifa/SP)Renda: 51.745,00Público: 5.954 pessoasEstádio: Alfredo Jaconi A etapa final começou mais agitada, com William no lugar de Alex Alves no Juventude. Aos quatro minutos, Tadeu chutou para a defesa de Viáfara. No contra-ataque, Jancarlos cruzou da direita e Dinei, na cara de Michel Alves, desviou para fora, na melhor chance até o momento. Aos 10 minutos, o técnico Beto Almeida queimou as substituições, colocando Marcelo Costa e Renato no time. O Juventude passou a atacar mais e criou boas chances, transformando o goleiro atleticano no destaque do jogo, com grandes defesas. Na principal, aos 46, ele fez um verdadeiro milagre em chute de Bruno, na pequena área.

Tudo o que sabemos sobre:
Brasileirão Série B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.