Juventude e Cruzeiro ficam no 0 a 0

Um lance marcou o empate em 0 a 0 de Juventude e Cruzeiro, neste domingo, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. Aos 30 minutos do segundo tempo, o meia Lauro, do time caxiense, invadiu a área mineira e cruzou em direção ao gol. O zagueiro Argel interceptou a bola com o braço direito, em um pênalti claro não assinalado pelo juiz Sálvio Spinola Fagundes Filho. "Temos mais um pênalti a lamentar", declarou Lauro, logo após a partida, que foi disputada sob uma garoa, a 10ºC, num clima típico do inverno gaúcho. No restante, o confronto teve equilíbrio, com chances para os dois lados.O Juventude, que tinha cinco desfalques e dois estreantes - Joel e Tiago Sala -, teve duas chances no primeiro tempo, contra uma do Cruzeiro. Na etapa final, o time mineiro teve três oportunidades, contra duas dos caxienses. Assim, deixando-se de lado o lance do pênalti não assinalado e bastante reclamado pela equipe da casa, o resultado foi justo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.