Juventude e S. Caetano empatam: 2 a 2

Num jogo de boa qualidade e alternâncias no placar, Juventude e São Caetano empataram em 2 a 2, esta tarde deste domingo, em Caxias do Sul. O resultado interrompeu uma seqüência de três vitórias da equipe caxiense, e de duas da paulista. O Juventude foi a 45 pontos, ficando perto dos líderes do Brasileirão, enquanto o São Caetano soma 40, um pouco abaixo na classificação.A boa marcação dos dois lados dificultou os ataques. O primeiro lance perigoso ocorreu aos seis minutos, num chute de Triguinho perto do gol de Eduardo Martini, do Juventude. A equipe visitante ameaçou ainda aos 15 e aos 30 minutos, em cobranças de falta de Anderson Lima, uma defendida por Martini e outra para fora.Aos 33, o volante Camazzola, do Juventude, recuperou a bola no seu campo, avançou e, parto da área do São Caetano, tentou o passe. A bola bateu num defensor e caiu no pé de Da Silva. Este cruzou e Lopes, de cabeça, abriu o placar para o time caxiense.No final do primeiro tempo, o zagueiro Índio, do Juventude, perdeu a bola no ataque. O São Caetano aproveitou o espaço e, numa jogada em velocidade, Paulo Miranda tocou para Fabrício Carvalho, na área, desviar de Martini, estabelecendo o 1 a 1.No segundo tempo, o Juventude voltou melhor e pressionando. Sílvio Luiz, do São Caetano, fez pelos menos três boa defesas nos primeiros 10 minutos. Quando a equipe caxiense tentava a abertura do placar, ainda que criando menos chances, Anderson Lima voltou a mostrar sua qualificação em cobranças de falta. Aos 24 minutos, ele chutou da intermediária, acertando o ângulo superior esquerdo de Martini e fazendo 2 a 1.Sete minutos depois, na pressão, o Juventude voltou a empatar. Geison, Da Silva e Lopes participaram do lance, que teve a conclusão de Reinaldo Aleluia, no canto direito de Sílvio Luiz. Aos 36, Da Silva, de cabeça, tocou fraco para o goleiro do São Caetano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.