Juventude espera por milagre em BH

Depois da derrota por 3 a 1 no confronto em casa, o Juventude enfrenta o Cruzeiro, nesta quinta-feira, às 19h, no Mineirão, com a consciência de que a classificação à segunda fase da Copa Sul-Americana depende de um verdadeiro milagre. Para conseguir tal feito, a equipe caxiense terá de marcar pelo menos três gols, o que os dirigentes e comissão técnica admitem ser muito difícil. Uma prova disso é que a projeção inicial do clube era usar uma equipe mista, aproveitando o período de folga no Brasileirão para recuperar alguns jogadores. Mas, dos 25 atletas inscritos para a Sul-Americana, quatro saíram do clube - o goleiro Doni, o atacante Túlio e os volantes Bruno Lança e Camazzola - e três estão lesionados - o zagueiro Chicão, o ala Magal e o atacante Zé Carlos. Assim, o técnico Sebastião Lazaroni ficou com 18 jogadores à disposição, sendo que o volante Jardel e o meia Caíco viajaram apenas para compor o banco, pois não devem ter condições do jogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.