Juventude surpreende Ponte em Campinas

A Ponte Preta perdeu a chance de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro. O time campineiro foi derrotado no Estádio Moisés Lucarelli pelo Juventude, por 1 a 0, na tarde deste sábado, em jogo válido pela oitava rodada da competição. Com a derrota, o time que foi treinado interinamente pelo ex-zagueiro Ronaldão, permanece com 14 pontos. O Juventude vai a 11. Na próxima rodada, dia 13, a Ponte Preta enfrenta o Figueirense, em Campinas. O Juventude vai a Criciúma jogar contra a equipe local. O primeiro tempo foi pouco movimentado. Os dois times abusaram das faltas e o jogo ficou preso no meio-de-campo. As únicas boas jogadas na primeira etapa foram do Juventude, sempre de bola parada. O atacante Rafael era quem mais levava perigo ao gol do time campineiro. O jogador quase fez um gol olímpico, aos 21 minutos. A Ponte Preta tentava o gol por meio do atacante Macedo, mas o veterano, visivelmente fora de forma, era facilmente marcado. O lateral-esquerdo Bill era o mais lúcido da partida. Mas uma contusão no ombro, que obrigou o médico da Ponte a leva-lo até o Hospital Santa Casa, prejudicou a equipe da casa. Aos 32 minutos saiu o primeiro gol. O atacante Rafael cobrou falta de longe, a bola desviou na barreira e impossibilitou qualquer chances de defesa de Lauro. Juventude: 1 a 0. No segundo tempo o Juventude continuou melhor, tocando mais a bola e criando os principais lances de gol. A Ponte Preta cometia os mesmos erros do início do jogo: abusava das jogadas pelo meio e não conseguia chutar em gol. Com a entrada do meia ofensivo Roger no lugar de Flávio, o time de Campinas melhorou, mas o clube gaúcho não dava espaços. No final do jogo a Ponte Preta pressionou em busca do empate, mas a defesa do Juventude foi quase perfeita e não permitiu o gol.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.