Juventude terá só um no ataque em Minas

Com o pensamento de que o empate é um ótimo resultado, o Juventude vai até Belo Horizonte enfrentar o Cruzeiro, neste sábado, às 16 horas, com o time todo recuado. Sem poder contar com Enilton, suspenso, o técnico Sebastião Lazaroni deve armar a equipe com apenas um homem no ataque: Marcelinho. No meio, Caíco será o responsável pela armação das jogadas. O pedido do técnico é para que os jogadores mantenham a posse de bola o maior tempo possível. Na última rodada, o empate em casa com o Botafogo, por 0 a 0, não agradou ao técnico nem aos torcedores. Mas neste sábado, conseguir um ponto está de ótimo tamanho. O Juventude ocupa a 14.ª colocação, com 38 pontos. O volante Lauro, que não jogou a última partida por estar contundido, está de volta ao time. Já o zagueiro Antonio Carlos, que andou reclamando de dores lombares, se recuperou e deve começar como titular. Caso prefira por uma formação mais ofensiva no decorrer do jogo, Lazaroni deve colocar Josiel no ataque, na vaga de Antonio Carlos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.