Twitter / Ponte Preta
Twitter / Ponte Preta

Juventude vence e pega lugar da Ponte Preta no G4 da Série B

Time gaúcho derrota a equipe de Campinas por 3 a 1 no Moisés Lucarelli; Ponte anuncia Marcelo Oliveira como novo técnico

Redação, Estadão Conteúdo

03 de outubro de 2020 | 21h40

O Juventude contou com as defesas do inspirado Marcelo Carné e com os gols de Igor, Gustavo Bochecha e João Paulo (pênalti) para vencer a Ponte Preta, por 3 a 1, na noite deste sábado, em pleno Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 13.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Matheus Peixoto, de pênalti, fez para os paulistas.

O resultado positivo no confronto direto fez o Juventude pegar o lugar da Ponte Preta no G4, na quarta colocação com 22 pontos. A Ponte Preta, por sua vez, caiu para quinta posição com 21. Essa foi a segunda derrota seguida do clube paulista que foi comandado interinamente por Fabinho Moreno. Ele ficou na vaga do demitido João Brigatti e cederá lugar a Marcelo Oliveira, técnico bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro.

A Ponte Preta começou melhor com chute perigoso de Moisés aos 2 minutos. Marcelo Carné espalmou para fora. A resposta do Juventude, porém, foi certeira. Primeiro, Dalberto assustou em cabeçada aos 11 minutos. Aos 23 minutos, Ivan afastou mal, Igor pegou a bola e encheu o pé para o fundo das redes.

A Ponte Preta foi em busca do empate aos 30 minutos. Marcelo Carné defendeu chute de Bruno e Igor salvou os gaúchos em finalização de Peixoto. No minuto seguinte, Carné evitou o gol de Apodi. Aos 38 minutos, o goleiro do Juventude fez três defesas em sequência.

No segundo tempo, a Ponte Preta empatou logo aos 8 minutos. Bruno Rodrigues sofreu pênalti e, na cobrança, Matheus Peixoto mandou no meio do gol e deixou tudo igual. O Juventude voltou à frente do marcador aos 21 minutos. Gustavo Bochecha recebeu de Dalberto e meteu para dentro. Aos 24 minutos, Dalberto bateu e Ivan evitou, com os pés, o terceiro gol gaúcho.

O Juventude ampliou aos 36 minutos. Apodi fez pênalti em Eltinho. Na cobrança, João Paulo bateu no canto direito de Ivan e deu números finais ao jogo.

Na 14.ª rodada, a Ponte Preta fará o dérbi de Campinas contra o Guarani na terça-feira, às 21h30, no estádio Moisés Lucarelli. No mesmo dia, mas às 19h15, o Juventude receberá o Cuiabá no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.


FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 1 X 3 JUVENTUDE

PONTE PRETA - Ivan; Apodi, Luizão, Alisson e Ernandes; Dawhan (Vinícius Zanocelo), Neto Moura (Luís Oyama), Luan Dias (Camilo) e Moisés (Guilherme Pato); Bruno Rodrigues e Matheus Peixoto (João Veras). Técnico: Fabinho Moreno (interino).

JUVENTUDE - Marcelo Carné; Igor, Wellington, Nery Barreiro (Augusto) e Eltinho; João Paulo, Gustavo Bochecha (Marciel), Roberto (Renato Cajá) e Wagner (Samuel Santos); Breno Lopes e Dalberto. Técnico: Pintado.

GOLS - Igor, aos 23 minutos, do primeiro tempo. Matheus Peixoto (pênalti), aos 8 minutos, Gustavo Bochecha, aos 21 minutos, João Paulo (pênalti), aos 36 minutos, do segundo tempo.

ÁRBITRO - Emerson de Almeida Ferreira (MG)

CARTÕES AMARELOS - Neto Moura, Bruno Rodrigues (PONTE PRETA); Nery Barreiro, Wagner (JUVENTUDE).

RENDA e PÚBLICO - Portões fechados.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.