Juventude vence Flamengo em Caxias

Em um jogo de pouca qualidade técnica, o Juventude venceu o Flamengo por 1 a 0, hoje à tarde no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. O resultado foi importante para aliviar o ambiente no clube gaúcho, que vinha de uma vexatória derrota de 7 a 1 para o Fluminense e havia perdido jogadores importantes, como o volante Lauro, suspenso, e o atacante Da Silva lesionado. Já para o Flamengo, o efeito foi o contrário, pois a equipe continua a caminho da zona de rebaixamento e enfrentou uma crise pouco antes da partida. O atacante Dimba foi afastado do grupo relacionado para o jogo por ter dado supostas declarações contra a comissão técnica. O técnico Ricardo Gomes disse que "ele está confuso e diz que não sabe o que declarou. Mas colocou na cabeça que está todo mundo contra ele". O jogo todo foi de muitas jogadas no meio campo e poucas chances de gol. Na primeira etapa, o Juventude concluiu três vezes com algum perigo para o goleiro Júlio César, que não fez nenhuma defesa. O Flamengo apresentou toque de bola um pouco melhor com o meia Ibson se destacando. Foi dele o lance mais bonito da etapa inicial. Num chute de fora da área, ele mandou a bola no ângulo superior esquerdo do goleiro Eduardo Martini, que salvou para escanteio. No segundo tempo, o técnico do Juventude, Ivo Wortmann, retirou Sandrinho e colocou Raoni. Com isso, a equipe voltou um pouco mais agressiva, equilibrando o meio campo. O jogo seguiu equilibrado e foi definido pelo oportunismo do meia Lopes. Aos 16 minutos, Jancarlos cobrou uma falta na direita do ataque do Juventude, a defesa do Flamengo se atrapalhou e a bola sobrou na pequena área para Lopes chutar livre, fazendo 1 a 0. Depois do gol, o técnico do Flamengo, Ricardo Gomes, fez as três mudanças na equipe, buscando melhorar a produção ofensiva. Mas, apesar de uma certa pressão que passou a exercer, o Flamengo criou apenas uma oportunidade de gol. Aos 37 minutos, Athirson cobrou uma falta de fora da área, o goleiro Eduardo Martini tocou na bola, que foi de encontro ao poste esquerdo, e ficou perto da linha do gol. A defesa afastou o lance. No final, o Juventude ainda teve algumas oportunidades de contra ataques, mas errou nas conclusões. Quando a partida terminou, a torcida respirou aliviada. Já o Flamengo deve viver um ambiente de muita tensão nos próximos dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.