Juventus busca a liderança na Itália

A Juventus pode assumir a liderança isolada do Campeonato Italiano se vencer a Fiorentina, penúltima colocada, neste sábado, em Turim, pela 23ª rodada. O time tem 44 pontos, um a menos que a Roma, que joga domingo com o Brescia, fora de casa.O desfalque da Juventus é o zagueiro Mark Iuliano, suspenso. O atacante francês Trezeguet, que no meio da semana defendeu sua seleção contra a Romênia, está confirmado. Depois de um começo ruim, o time de Turim conseguiu se acertar no campeonato e só não é líder porque na última rodada empatou com a Roma por 0 a 0."A Fiorentina, apesar de não realizar uma boa campanha nesta temporada, tem jogadores importantes, que merecem todo o respeito. Por isso, não podemos entrar relaxados na partida, que pode valer a liderança", declarou o técnico Marcello Lippi, da Juve.Na Fiorentina, a luta é contra o rebaixamento. Com 17 pontos, a equipe de Florença está na frente apenas do Venezia, que tem 15. Os brasileiros Amaral e Adriano estão confirmados pelo técnico Ottavio Bianchi. O meia argentino Ezequiel González, recuperado de uma lesão no joelho esquerdo, ficará no banco de reservas.Na outra partida deste sábado, o Milan, sexto colocado com 34 pontos, recebe no estádio San Siro a Atalanta, 13ª com 26. A pressão da torcida por uma vitória é muito grande. Há cinco rodadas a equipe milanesa não vence. "Nossos torcedores têm razão. Eles não podem ficar contentes mesmo com o que o nosso time está jogando no momento", disse o técnico Carlo Ancelotti.Rui Costa, meia português, é dúvida no Milan. O jogador não vem rendendo bem e, além de tudo, sofre com alguns problemas físicos. Os brasileiros Roque Júnior e Serginho estão confirmados no time titular. No ataque, Ancelotti ainda não definiu quem sai jogando. O atacante espanhol José Mari tem se destacado e deve jogar. Mas Andrea Pirlo também tem chance. Confirmado mesmo, apenas o ucraniano Shevchenko.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.