David W Cerny/Reuters
David W Cerny/Reuters

Juventus, City e Bayern buscam vaga nas oitavas da Liga dos Campeões

Decisivo no último jogo do Real Madrid, Vinicius Junior pode fazer sua estreia na principal competição de clubes do mundo

O Estado de S.Paulo

07 Novembro 2018 | 11h00

Juventus, Manchester City, Bayern de Munique e Ajax terão chance nesta quarta-feira de avançar às oitavas de final da Liga dos Campeões, em dia de visita do Real Madrid ao Viktoria Plzen, da República Tcheca, que pode marcar a estreia do meia-atacante brasileiro Vinicius Junior no torneio.

 

Entre os quatro times que têm possibilidade de avançar, a situação mais confortável é a da atual campeã italiana, que só depende de si. A Velha Senhora receberá o Manchester United, no Allianz Stadium e uma vitória, além de manter o 100% de aproveitamento, carimba passaporte à próxima fase.

Os comandados por Massimiliano Allegri, que estão com nove pontos - contra quatro dos ingleses - também podem se classificar com um empate em casa, no entanto, precisarão que o jogo entre Valencia (dois pontos) e Young Boys (um ponto), no estádio Mestalla, também fique com o placar igualado.

A grande esperança para a Juve na partida é no atacante português Cristiano Ronaldo, que já mostra total adaptação ao novo clube, depois de defender o Real Madrid por nove anos. Nos últimos 11 jogos pelo time de Turim, o craque foi titular em todos, marcou sete gols e ainda distribuiu cinco assistências.

No United, por outro lado, há preocupação quanto a presença do centroavante belga Romelu Lukaku, que já desfalcou a equipe comandada pelo português José Mourinho, na vitória sobre o Bournemouth por 2 a 1, pelo Campeonato Inglês e não treinou nesta terça-feira, véspera do encontro.

No outro jogo do grupo H, o Valencia tentará espantar a má fase que atravessa na temporada e evitar a eliminação, o que pode acontecer em caso de derrota para o Young Boys e vitória da equipe de Manchester. Para o compromisso continental, o 15º colocado do Campeonato Espanhol terá o retorno do meia e capitão Dani Parejo.

Na Inglaterra, o City defenderá uma invencibilidade de dez partidas na temporada, em duelo com o Shakhtar Donetsk, no Etihad Stadium. Curiosamente, a última - e única derrota - da equipe foi para o Lyon, em estreia na própria Liga dos Campeões.

As vitórias sobre Hoffenheim e sobre o próprio campeão ucraniano, fora de casa, aliadas aos empates nas partidas que envolvem os três outros concorrentes do grupo F, já colocaram os comandados pelo espanhol Pep  Guardiola na liderança, podendo se classificar nesta rodada.

Para avançar, no entanto, o líder do Campeonato Inglês ainda precisam contar que o Lyon passe nesta quarta-feira pelo Hoffenheim, na França. O resultado deixaria o time do lateral-direito Rafael e do zagueiro Marcelo a um ponto de avançar às oitavas de final da competição continental.

O grupo E é o único que pode ter os dois classificados definidos ainda nesta quarta-feira. Com sete pontos, o Ajax se garantirá na próxima etapa com uma vitória simples sobre o Benfica, que está em terceiro, com três. O jogo acontecerá no Estádio da Luz, em Lisboa.

O Bayern de Munique, que tem os mesmos sete pontos, receberá o lanterna AEK Atenas, que está zerado. Os anfitriões, no entanto, não carimbam passaporte às oitavas apenas com o resultado positivo. Além disso, será necessária a vitória dos campeões holandeses sobre os portugueses, que ficariam eliminados, com essa combinação.

O grupo G, por sua vez, seguirá sem os dois classificados definidos, pelo menos, até a próxima rodada. Líder, o Real Madrid recebe o Viktoria Plzen, com Solari sendo testado mais uma vez, depois dos êxitos sobre o Melilla, da terceira divisão, na Copa do Rei da Espanha, e Valladolid, pelo Campeonato Espanhol.

No último jogo, o grande herói foi o brasileiro Vinicius Junior, que entrou e marcou gol, quase sem querer, o primeiro gol da vitória por 2 a 0. A expectativa na República Tcheca, inclusive, é pela estreia do ex-Flamengo no torneio.

Pela mesma chave, a Roma visitará nesta quarta-feira o CSKA Moscou. A equipe italiana e o Real estão com seis pontos e, se ambos vencerem as partidas, ficarão ambos precisando de mais dois para avançar de fase no torneio. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.