Miguel Medina/ AFP
Miguel Medina/ AFP

Juventus derrota Atalanta por 2 a 1 e volta a conquistar Copa Itália depois de três anos

Kulusevski e Chiesa marcam os gols da vitória da equipe de Turim

Redação, Estadão Conteúdo

19 de maio de 2021 | 18h38

A Juventus conquistou, nesta quarta-feira, a Copa Itália pela 14ª vez, ao derrotar a Atalanta, por 2 a 1, em Reggio Emília. Campeã da Supercopa da Itália, este foi o segundo título da equipe de Turim na temporada, após decepcionar no Campeonato Italiano, ao não conquistar a décima taça consecutiva.

O título foi intensamente comemorado pelos torcedores, jogadores e pelo técnico Pirlo, de 42 anos, em seu primeiro trabalho como treinador. Um dos mais entusiasmados foi o goleiro Buffon, de 43 anos, que se sagrou campeão pela sexta vez, igualando o feito de Roberto Mancini, atual técnico da seleção italiana.

Pirlo e Cristiano Ronaldo, que teme atuação tímida no jogo, não sabem se vão permanecer no clube na próxima temporada. Os três gols marcados na partida foram muito bonitos. O primeiro foi de Dejan Kulusevski, aos 31 minutos do primeiro tempo. A bola sobrou para o sueco pelo lado direito e o chute de pé esquerdo foi muito bem colocado, sem chance de defesa para o goleiro Gollini.

O empate da Atalanta veio dez minutos depois com o russo Ruslan Malinovskyi, que aproveitou uma saída de bola errada da zaga da Juventus para concluir a jogada e surpreender o experiente Buffon.

Depois de um primeiro tempo melhor da Atalanta, a Juventus voltou mais ativa na etapa final e conseguiu o ol da vitória aos 28 minutos. Chiesa peou a bola do lado esquerdo, tabelou com Kulusevski e concluiu a jogada com categoria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.