Juventus e Bayern veem duelo duro entre 'campeões'

Juventus e Bayern de Munique nadam de braçada nos seus campeonatos nacionais. No Alemão, a vantagem na ponta é de 20 pontos. No Italiano, uma folga de nove pontos que parece quase impossível de ser tirada até o fim da competição. Mas só uma dessas duas potências do futebol europeu estará nas semifinais da Liga dos Campeões. A outra terá que se contentar apenas com o troféu doméstico.

AE, Agência Estado

15 de março de 2013 | 15h52

Sabendo da força e da tradição do rival, os dois times mostraram respeito ao comentar o sorteio desta sexta-feira, que colocou Juventus e Bayern de Munique frente à frente nas quartas de final da Liga dos Campeões.

"Eu conheço sei muito bem a Juventus. Ela é a melhor equipe italiana no momento. É um adversário de alto calibre. O time é extremamente forte na defesa e atacam muito e com qualidade. Vamos ver um grande jogo, duas noites fantásticas", comentou o técnico Jupp Heynckes, que comparou o duelo com uma prova de turfe: "É um confronto no qual estamos emparelhados. Espero que cruzemos a linha final com o nariz na frente".

O respeito à Juventus é reforçado por Schweinsteiger: "Juventus é um time muito, muito, muito bom, e uma equipe extremamente física. Eles têm excelentes jogadores como Pirlo. Nós sempre tivemos trabalho com eles no passado. Eles são taticamente muito constantes", opinou.

Pelo lado italiano, o técnico Antonio Conte lembrou da força da equipe que chegou em duas das últimas três finais da Liga dos Campeões. "Naturalmente, nós sabíamos que teríamos um jogo muito difícil nas quartas-de-final. O Bayern de Munique sempre esteve entre os grandes nomes da Europa. Eles ganharam muita experiência nos últimos anos e a vantagem de 20 pontos no Alemão vai permitir-lhes entrar em campo sem pressão."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.