Alessandro Garofalo/Reuters
Alessandro Garofalo/Reuters

Juventus ganha clássico contra a Roma e é única 100% no Italiano

Partida com cara de decisão é decidida a quatro minutos do fim, com gol do zagueiro Bonucci; Roma permanece com 15 pontos

Estadão Conteúdo

05 de outubro de 2014 | 15h57

Juventus e Roma fizeram, neste domingo, um clássico digno de final. Afinal, a partida valia com uma mini decisão, ainda pela sexta rodada do Campeonato Italiano. Num jogo de três pênaltis e três expulsões, a Juventus, jogando em casa, venceu por 3 a 2 e agora é a única equipe com 100% de aproveitamento.

Com seis vitórias em seis jogos, a Juventus foi a 18 pontos, enquanto a Roma, que perdeu pontos pela primeira vez na competição, estacionou nos 15. A Sampdoria, que venceu a Atalanta por 1 a 0, foi a 14 pontos e ocupa o terceiro lugar.

O clássico em Turim foi quente. Aos 27 minutos, Pirlo bateu falta e a bola bateu na mão de Maicon, que estava na barreira. O árbitro inicialmente marcou falta fora da área, mas mudou de ideia e anotou pênalti. Tévez foi para a cobrança e abriu o placar. O técnico da Roma, Rudi Garcia, reclamou muito e foi expulso.

A Roma empatou também de pênalti, com Totti, e virou com Iturbe, aos 44 minutos do primeiro tempo. Antes do intervalo, porém, ainda deu tempo de a Juventus ter mais um pênalti a seu favor. Tévez fez 2 a 2.

A quatro minutos do fim do jogo, a Juventus fez o gol da vitória, com Bonucci. Antes do apito final, ainda deu tempo de Manolas e Morata brigarem e iniciarem uma confusão generalizada. Os dois receberam cartões vermelhos.

OUTROS JOGOS - Na capital italiana, outro jogo repleto de emoções, com vitória da Lazio sobre o lanterna Sassuolo também por 3 a 2. A partida teve duas expulsões (Cana, para os anfitriões; Peluso, zagueiro de seleção italiana para os visitantes) e um gol de pênalti para o Sassuolo. Com nove pontos, a Lazio ocupa o sétimo lugar.

Invicta, a Sampdoria teve um magro 1 a 0 sobre a Atalanta, equipe que perdeu seus últimos quatro jogos. O atacante Gabbiadini marcou. Em Parma, o Genoa surpreendeu os donos da casa. Afinal, venceu por 2 a 1 mesmo com um jogador a menos - Roncaglia foi expulso no começo do segundo tempo. O gol da vitória saiu nos acréscimos, com Matri.

Em casa, o Empoli, 11.º colocado, fez 3 a 0 no Palermo, que segue na zona de rebaixamento, com apenas três pontos. A Udinese caiu para o quarto lugar depois de empatar em casa com o Cesana, por 1 a 1. O gol dos visitantes saiu de pênalti, nos acréscimos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.