Alessandro Di Marco/EFe
Alessandro Di Marco/EFe

Juventus ganha último jogo e termina o Campeonato Italiano com 102 pontos

Meta de ultrapassar os três dígitos na pontuação, campeã antecipada encerra campanha brilhante

AE, Agência Estado

18 de maio de 2014 | 12h13

TURIM - Campeã antecipadamente, a Juventus desejava terminar o Campeonato Italiano superando a barreira dos 100 pontos e conseguiu. Neste domingo, o time de Turim confirmou a sua espetacular campanha no Campeonato Italiano ao derrotar o Cagliari por 3 a 0, na Arena Juventus, pela última rodada da competição, com um show no primeiro tempo.

O triunfo foi o sétimo consecutivo da Juventus no Campeonato Italiano e levou o time aos 102 pontos, terminando o torneio com uma vantagem de 17 para a segunda colocada Roma. Já o Cagliari, que entrou em campo sem qualquer ambição no torneio, ficou em 15.º lugar, com 39 pontos.

Liderada por Pirlo, a Juventus começou a partida deste domingo em ritmo forte e criou várias chances de gol até abrir o placar aos oito minutos. O próprio Pirlo cobrou falta e a bola tocou no travessão antes de entrar no ângulo direito da meta do Cagliari.

O segundo gol da Juventus saiu logo depois, aos 14 minutos, e teve, mais uma vez a participação de Pirlo. Ele cobrou escanteio e, após bate e rebate na grande área, Llorente chutou para fazer 2 a 0.

Em desvantagem, o Cagliari tentou ir ao ataque e até ameaçou a meta defendida por Buffon, mas a Juventus continuou muito superior e criou as principais oportunidades de gol. E o goleiro Silvestri teve bastante trabalho para evitar que Asamaoah e Tevez marcassem.

Aos 39 minutos, porém, a Juventus chegou ao seu terceiro gol. Marchisio recebeu passe na grande área, dominou a bola, tirou o seu marcador e bateu de voleio para fazer um golaço.

A Juventus seguiu com a partida sob controle no segundo tempo, quando o goleiro Rubinho entrou em campo, mas diminuiu o ritmo, apenas mantendo o placar de 3 a 0, que a levou a terminar o Campeonato Italiano com a impressionante marca de 102 pontos somados em 38 partidas, com 33 vitórias, três empates e duas derrotas.

Assim, a etapa final ficou mesmo marcada pelos pedidos dos torcedores pela permanência do técnico Antonio Conte, que conduziu o time ao tricampeonato italiano nesta temporada e também venceu a Supercopa da Itália, mesmo que a Juventus tenha sido eliminada na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa, nas quartas de final da Copa da Itália e nas semifinais da Liga Europa.

Também neste domingo, fora de casa, vice-campeã Roma perdeu por 1 a 0 para o Genoa, o 14º colocado. Já o rebaixado Catania venceu o 11º colocado Atalanta por 2 a 1, em casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.