Juventus nega ter enviado proposta para repatriar Emerson

O presidente da Juventus, Giovanni Cobolli Gigli, afirmou nesta quarta-feira que não fez nenhuma proposta ao Real Madrid para tentar repatriar o brasileiro Emerson, que está sendo muito criticado pela torcida madrilenha por causa das fracas atuações da equipe."Ele é um jogador que pode tomar outros caminhos para a carreira. Porém, não sei se poderá voltar. Ainda não há nada", contou Gigli. Emerson deixou a Juventus logo após a Copa do Mundo, quando o clube foi rebaixado à segunda divisão por causa de seu envolvimento nos escândalos de manipulação de partidas.O brasileiro só foi contratado pelo Real por causa do técnico italiano Fabio Capello, que curiosamente também era da Juventus. Recentemente, Emerson chegou a desabafar, afirmando que se sentia chateado com as críticas da torcida do Real, insatisfeita com o estilo de jogo "simples e eficaz" do volante.Se Emerson está longe, a Juventus pode anunciar nos próximos dias a contratação do zagueiro checo Zdenek Grygera, que atua no Ajax, da Holanda. "As negociações estão em andamento. Vamos ver se conseguimos contratá-lo até o final do mês", contou Gigli.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.