Vincenzo Pinto / AFP
Vincenzo Pinto / AFP

Juventus sofre com lesões, empata com a Fiorentina e pode perder liderança

Ribéry estreia e faz boa partida; Cristiano Ronaldo é anulado pela defesa adversária

Redação, Estadão Conteúdo

14 de setembro de 2019 | 13h26

Atrapalhada por lesões de jogadores importantes, a Juventus desperdiçou seus primeiros pontos no Campeonato Italiano ao empatar sem gols com a Fiorentina neste sábado, fora de casa, em Florença, pela terceira rodada da competição.

Com o resultado, a equipe de Turim, com sete pontos, pode perder a liderança para a Inter de Milão e Torino, que ainda entram em campo na rodada e somam seis pontos. Depois de duas derrotas, a Fiorentina somou seu primeiro ponto na competição.

Antes de voltar a jogar pelo Campeonato Italiano, a Juventus faz sua estreia na Liga dos Campeões. O primeiro jogo na competição europeia será contra o Atlético de Madrid, fora de casa, no Wanda Metropolitano, e está marcado para a próxima quarta-feira, às 16 horas (de Brasília).

O empate tem de ser mais comemorado pela Juventus do que pela Fiorentina, uma vez que, além da situação dos dois na tabela, o time de Florença, mais organizado, jogou melhor e esteve bem mais perto da vitória do que o rival de Turim, muito prejudicado pelas lesões em sequência na partida.

O técnico Maurizio Sarri não conseguiu sequer fazer uma substituição por opção técnica ou tática e teve de alterar o time três vezes por conta de lesões. Douglas Costa, com dores musculares, saiu logo aos sete minutos, dando lugar a Bernardeschi, Pjanic deixou o campo no final do primeiro tempo para a entrada de Bentancur e, no começo da etapa final, foi a vez de Danilo, com cãibras, ser substituído por Cuadrado.

Com o rival muito alterado e Cristiano Ronaldo apagado, a Fiorentina teve as melhores chances para vencer, mas não as aproveitou. O veterano Ribéry estreou como titular e fez uma boa partida. Se movimentou bastante e comandou o meio de campo da equipe de Florença. Aos 22, foi substituído por Boateng e deixou o gramado muito aplaudido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.