ISABELLA BONOTTO/ AFP
ISABELLA BONOTTO/ AFP

Juventus vence a Udinese e cola no G-4 do Italiano; Dybala não comemora seu gol

Equipe de Turim está na quinta posição, mas segue distante da luta pelo título, cujos protagonistas são Internazionale e Milan

Redação, Estadão Conteúdo

15 de janeiro de 2022 | 19h10

A Juventus segue sua recuperação no Campeonato Italiano com a vitória sobre a Udinese por 2 a 0, neste sábado, em Turim, pela 22ª rodada, mas tem de administrar problemas internos. Os gols da partida foram marcados por Paulo Dybala, que não quis comemorar por estar insatisfeito com a demora em sua renovação de contrato, e McKennie.

Com o resultado positivo, a equipe de Turim chega aos 41 pontos, na quinta colocação, e empata com a Atalanta, primeiro time na zona de classificação para a próxima edição da Liga dos Campeões da Europa. No entanto, a equipe de Bérgamo tem dois jogos a menos, sendo um deles neste domingo em casa contra a líder Internazionale.

O primeiro lance de perigo do confronto foi justamente o gol de Dybala. Aos 17 minutos, Moise Kean tocou para o argentino, que entrou na área e finalizou com frieza no canto esquerdo para abrir o marcador. Em vez de celebrar, Dybala olhou fixamente para as tribunas, em um gesto interpretado como insatisfação com os dirigentes do clube pela dificuldade nas negociações sobre a renovação do seu contrato.

Na segunda etapa, a Juventus teve duas boas chances de ampliar, com Cuadrado e Dybala. No primeiro lance, o colombiano bateu falta para boa defesa do goleiro e no segundo o camisa 10 argentino invadiu a área e finalizou a centímetros da meta.

O segundo gol só saiu aos 34 minutos, quando De Sciglio cruzou para McKennie, que cabeceou forte no canto direito para ampliar e dar números finais ao confronto.

Ainda neste sábado, outros dois jogos aconteceram pela 22.ª rodada. O Torino bateu a Sampdoria de virada por 2 a 1, fora de casa, e a Lazio visitou o Salernitana e venceu com mais uma bela atuação de Ciro Immobile, que marcou dois gols. Manuel Lazzari fechou a conta no placar de 3 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.