Alessandro Garofalo/Reuters
Alessandro Garofalo/Reuters

Juventus vence clássico com a Inter e fica mais perto do título do Italiano

Com o placar de 2 a 1, a equipe de Turim vai a 68 pontos, abrindo 12 de vantagem sobre o segundo colocado

AE, Agência Estado

30 de março de 2013 | 13h04

Por mais que os rivais torçam contra, nada parece que tirará o bicampeonato italiano das mãos da Juventus. Neste sábado, a esperança de Napoli e Milan era que a Inter de Milão pudesse levar a melhor no clássico jogado no San Siro. Mas, mesmo como visitante, o time de Turim mostrou toda a sua superioridade, venceu por 2 a 1, e ficou ainda mais perto de ser campeão.

Com a vitória, a Juventus foi a 68 pontos, provisoriamente abrindo 12 de vantagem sobre o Napoli, que joga mais tarde diante do Torino, fora de casa. O Milan, que também sonha, está 14 pontos atrás, e tem compromisso como visitante neste sábado, diante do Chievo, em Verona.

O Campeonato Italiano tradicionalmente não tem jogos marcados para o domingo de Páscoa, por isso a rodada será toda neste sábado. E no duelo mais aguardado do dia, a Juventus saiu na frente logo aos 3 minutos. Quagliarella recebeu na intermediária, ninguém encostou nele para marcá-lo e o atacante arriscou de longe, acertando o ângulo de Handanovic, que nem esboçou reação.

O empate só veio no começo do segundo tempo, aos 8. Cassano tocou para Palacio, que dominou adiantando a bola, furou a defesa e bateu sem chances para Buffon. Mas a Juventus voltaria à frente seis minutos depois, com Matri, aproveitando jogada de Quagliarella na linha de fundo.

No Estádio Olímpico de Roma, a Lazio sofreu para vencer o Catania por 2 a 1. Izco abriu o placar para os visitantes e a virada só veio no finalzinho. Legrottaglie fez contra aos 34 do segundo tempo e Candreva marcou de pênalti dois minutos depois. Mas o dia de jogos entre romanos e sicilianos terminou empatado. Isso porque a Roma foi até Palermo e perdeu de 2 a 0, gols de Ilicic e Miccoli.

Assim, a rodada acabou sendo perfeita para a Lazio. A equipe de Hernanes foi a 50 pontos, no quinto lugar, e viu todos os seus rivais por uma vaga na Liga Europa perderem e estacionarem na tabela: Inter de Milão (47 pontos), Roma (47) e Catania (45). A Fiorentina, quarta colocada, também tropeçou, estacionando em 51 pontos depois de levar 2 a 1 do Cagliari.

Na briga contra o rebaixamento, que se deu bem foi o Palermo, que venceu a primeira após mais de quatro meses ao bater a Roma e foi a 24 pontos, deixando a lanterna para o Pescara. Nada mais justo, afinal, ao levar 3 a 0 do Parma, a equipe chegou a sete derrotas seguidas. Nas últimas 12 rodadas, somou um ponto.

Brigando diretamente contra a última vaga na zona de rebaixamento, Genoa e Siena empataram em 2 a 2. Pior para o Siena, que segue um ponto atrás do rival. A Atalanta, que vem logo acima, ficou no 0 a 0 com a Sampdoria e manteve oito pontos de folga sobre a zona de degola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.