Juventus vence Portuguesa e antecipa carnaval na Mooca

Lusa comete erros na defesa, não suporta pressão na Rua Javari e leva 3 a 2 do 'Moleque Travesso'

30 de janeiro de 2008 | 18h27

O carnaval chegou mais cedo na Rua Javari, no tradicional bairro da Mooca, em São Paulo. Nesta tarde, o Juventus bateu a Portuguesa, por 3 a 2, e subiu na tabela. O jogo foi válido pela quinta rodada do Campeonato Paulista e mostrou o péssimo desempenho da Lusa longe de seus domínios. Veja também: Classificação  Resultados e calendário Em três jogos até agora, a Lusa perdeu duas - 1 a 0 para o Ituano e 3 a 2 para o Juventus - e empatou uma - 1 a 1 com o Rio Claro. A derrota deixou a Lusa na sétima colocação, com sete pontos. Já o Juventus é o décimo, com a mesma pontuação, mas perdendo no saldo de gols: 1 a -4. Com um bom público, os dois times começaram a primeira etapa devagar e com muitas faltas. As poucas oportunidades criadas, não foram bem executadas. Quando os times resolveram caprichar mais, os gols saíram. Os dois primeiros foram do time da Mooca. Aos 29 minutos, cruzamento da direita, a defesa da Portuguesa não conseguiu afastar e Lima mandou para o fundo das redes. Não demorou muito e o Moleque Travesso fez mais um. Aos 37 minutos, novo cruzamento. Zé Maria não afastou e Marcus Vinicius mandou de cabeça no contrapé do goleiro André Luiz. A Portugu Juventus3Marcelo; Vágner, Dedimar, Valdir (Liminha    ) e João Paulo; Fernando Miguel, Naves, Vampeta e Marcos Vinicius; Lima (Allan Delon) e CaduTécnico: Sérgio SoaresPortuguesa2André Luiz; Zé Maria (Claudecir), Bruno Rodrigo, Marco Aurélio e Osmar; Erick, Dias, Carlos Alberto     e Ramón (Marcelo de Faria); Leandro Carrijo (Miltinho) e ChristianTécnico: Vágner BenazziGols: Lima, aos 29, Marcus Vinicius, aos 37 e Christian, aos 41 minutos do primeiro tempo; Allan Delon, aos 38 e Christian, aos 40 minutos do segundo tempoÁrbitro: Cléber Wellington AbadeRenda: R$ 41.070,00Público: 3.159 pagantes.Estádio: Conde Rodolfo Crespi, em São Pauloesa não amoleceu, pelo contrário, cresceu no jogo e diminuiu a diferença. Zé Maria mandou o lateral na área. O matador Christian ajeitou de peito e fuzilou para o fundo das redes, aos 41 minutos. Na segunda etapa o jogo caiu de produção e o único lance de perigo aconteceu aos 25 minutos. Após cruzamento da esquerda, Miltinho, que tinha acabado de entrar, mandou de cabeça a bola na trave do Juventus. E assim como na primeira etapa, o jogo melhorou no final da partida. Aos 38 minutos, Allan Delon, que acabara de entrar, recebeu a bola sozinho, invadiu a área e tocou na saída do goleiro para fazer 3 a 1 para o Juventus. Mas não deu nem tempo de comemorar. Dois minutos depois, cruzamento na área do Moleque Travesso, e Christian, oportunista como sempre, fez de cabeça o segundo gol luso. E foi só: Juventus 3 a 2. Na próxima rodada, o Juventus encara o São Caetano, fora de casa, no sábado de carnaval, às 20h30. A Portuguesa recebe, no Canindé, o Bragantino no mesmo dia e hora. 

Tudo o que sabemos sobre:
Paulistão A-1PortuguesaJuventus-SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.