Kahn chorou e as alemãs amaram

Chorar em público é bom para atrair mulheres. Pelo menos na Alemanha funciona assim, segundo mostra uma pesquisa da revista feminina Lisa. Segundo a enquete, o goleiro alemão Oliver Kahn é o homem dos sonhos de metade das mulheres alemãs, principalmente por causa das lágrimas derramadas após a derrota para o Brasil na final do Mundial. Segundo a pesquisa, que ouviu mulheres entre 20 e 45 anos, Kahn é o homem ideal para 48,1 % das alemãs. No grupo de mulheres entre 20 e 29 anos, o percentual sobe para 54,2%. A fascinação pelo goleiro de 33 anos chega a 60% entre aquelas que vivem na ex-Alemanha Oriental. A pesquisa mostrou que as mulheres não são atraídas pelo físico do goleiro de 33 anos: 70% delas ficaram apaixonadas pela imagem do goleiro caído, chorando ao final do jogo de Yokohama, reconhecendo a falha no chute de Rivaldo que resultou no primeiro gol da Seleção Brasileira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.