Martin Meissner/Reuters
Martin Meissner/Reuters

Kai Havertz, do Bayer, deixa concentração da Alemanha para acertar com o Chelsea

Meia se despede do clube para assinar contrato e defender a equipe inglesa na próxima temporada

Redação, Estadão Conteúdo

04 de setembro de 2020 | 13h40

O meia Kai Havertz, do Bayer Leverkusen, deixou os treinos com a seleção da Alemanha, nesta sexta-feira, com o objetivo de concluir sua transferência para o Chelsea. O anúncio foi feito pelo diretor esportivo do time alemão, Rudi Voeller.

O técnico da Alemanha, Joachim Löw, também confirmou a negociação. "Sabíamos que agora, nesta sexta ou sábado, os detalhes finais seriam acertados com o Chelsea", disse o treinador em um vídeo postado no site da Federação Alemã de Futebol, acrescentando que Havertz "definitivamente deseja dar este passo".

Havertz ficou no banco da seleção alemã no empate por 1 a 1 contra Espanha na quinta-feira na Liga das Nações. Löw disse que ele estava ciente de que sua escalação colocaria em risco a transferência de Havertz, caso o jogador sofresse uma lesão.

A contratação de Havertz faz parte de um renovação que está sendo feita no time de Londres, incluindo a chegada do atacante Timo Werner, o meia-atacante Hakim Ziyech, o zagueiro Thiago Silva e o lateral-esquerdo Ben Chilwell.

"Compreendemos a importância disso para o Bayer Leverkusen, para Kai e queremos assumir esta responsabilidade", disse o gerente geral da seleção da Alemanha, Oliver Bierhoff. "Ao mesmo tempo, é uma honra e uma distinção para o futebol alemão que os nossos jovens jogadores sejam procurados pelos melhores clubes internacionais."

Havertz jogou pela última vez pelo Leverkusen nas quartas de final da Liga Europa, em 10 de agosto, contribuindo com um gol na derrota por 2 a 1 para a Internazionale. O técnico do time alemão Peter Bosz, disse que não espera contar com Havertz para a próxima temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.