Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Kaio Jorge diz que problemas nos bastidores não vão atrapalhar o Santos

Para o jogador, insatisfação do técnico Jorge Sampaoli com o trabalho da diretoria não vai influenciar o elenco

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de julho de 2019 | 17h52

A insatisfação do técnico Jorge Sampaoli com o trabalho da diretoria não vai influenciar o desempenho do Santos em campo. Quem garante é o atacante Kaio Jorge, que minimizou o desentendimento e assegurou que o time estará forte na retomada do Campeonato Brasileiro.

"A gente não leva isso para o lado ruim. Isso não atrapalha em nada, o salário está em dia. Às vezes a imprensa acrescenta um pouco. O dia-a-dia está bom, ele brinca com a gente e dá os treinos. O clima está tranquilo, não tem nada errado", disse o jovem atacante, de 17 anos, em entrevista coletiva nesta quarta-feira no CT Rei Pelé.

Na pausa das competições em função da Copa América, o Santos se reforçou apenas com o meia Evandro, tendo perdido o volante Jean Lucas, negociado pelo Flamengo com o Lyon. Sampaoli estaria insatisfeito com a falta de contratações, além do atraso no pagamento dos salários.

Kaio Jorge, porém, buscou minimizar esse cenário e assegurou que o período para treinos foi bem aproveitado pelos atletas visando o confronto de sábado contra o Bahia, no estádio de Pituaçu, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. "Esse período de treinos e amistosos foi muito bom para a gente nas partes física e técnica. O time vem trabalhando bem forte e focado para o jogo contra o Bahia", afirmou.

O Santos é o vice-líder do Brasileirão, com 20 pontos, a cinco do primeiro colocado Palmeiras. Ao contrário do rival, a equipe santista só está envolvida na disputa da Série A, algo que Kaio Jorge não vê como pressão, mas foco maior para o time terminar a temporada com uma taça. "Qualquer campeonato que a gente entrar é para ser campeão. Agora só tem o Brasileirão e estamos muito focados para conseguir essa taça", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.