Kaiser volta a apostar na Alemanha para a Copa do Mundo

O maior ídolo do futebol alemão e presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo, Franz Beckenbauer, voltou a defender, nesta quarta-feira, em Berlim que a seleção alemã pode conquistar seu quarto título mundial em casa. Em cerimônia no Ministério das Relações Exteriores, quando foi chamado de "ministro do Exterior do futebol" pelo próprio ministro das Relações Exteriores alemão, Frank-Walter Steinmeier, Beckenbauer declarou que confia no trabalho atual da comissão técnica. ?Confio em Jürgen Klinsmann e acho que ele pode deixar a equipe pronta para a competição. Se a motivação e a animação vierem juntas com isso, então temos boas possibilidades de sermos campeões do mundo?, analisou Beckenbauer. O Kaiser porém afirmou que seu favorito é outro time. ?O caminho para o título mundial passa pelo Brasil?.Em cerimônia com o ministro das Relações Exteriores da Alemanha, o Kaiser foi recebido em homenagem às suas viagens pelo mundo para divulgar a Copa, na conhecida Welcome Tour. Do Irä, em 2 de outubro, até a Austrália, em 27 de março, Beckenbauer foi recebido por chefes de Estado, presidentes e dirigentes de todos os 31 países que vão participar do Mundial. Além disso, o presidente do Comitê gastou 168 horas de vôo, percorrendo 132.276 quilômetros, distância que equivale a três voltas ao redor da Terra. Para o ídolo alemão, a visita ao Papa foi a que mais o marcou. ?Todos (os países) se alegraram com a Copa do Mundo. Para mim, o encontro com Bento XVI foi um ápice absoluto da minha vida?.Após as palavras de Steinmeier, ressaltando que o Kaiser divulgou uma imagem positiva da Alemanha para o mundo, Beckenbauer brincou e respondeu ao ministro: ?Obrigado, Senhor Colega?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.