USA Today
USA Today

Kaká confirma saída do Orlando City e abre as portas para o São Paulo

Jogador elogia atual momento da seleção e diz que pode voltar se Tite o chamar

O Estado de S.Paulo

28 de novembro de 2016 | 11h12

Depois de Gerrard, Lampard e Drogba, Kaká é mais uma estrela a confirmar a saída de MLS, principal liga de futebol dos Estados Unidos. Com vínculo com o Orlando City até o fim de 2017, o meia disse que não irá renovar seu contrato com o time da Flórida.

"Não sei ainda. Quero ficar no futebol. Esse é meu último no Orlando", disse o ex-jogador de São Paulo, Milan e Real Madrid em entrevista publicada pelo canal Desimpedidos no Youtube, projeto do qual o jogador é sócio. 

Aos 34 anos, o veterano não quis adiantar qual será seu futuro, mas garantiu que, se voltar ao Brasil, vai jogar pelo São Paulo, clube que o revelou. "Se eu fosse voltar, seria para o São Paulo. É muito difícil ir para outro clube"

Último pentacampeão em atividade, Kaká não descarta um possível retorno à seleção brasileira. "Meu momento é de estar fora, de curtir. Se eu tiver que voltar em algum momento, o Tite achar que precisa e eu estiver bem, preparado para contribuir, vai ser um prazer voltar."

"Estava assistindo ao jogo contra a Argentina, ambiente legal, a galera torcendo, curtindo a seleção de novo", elogiou o meia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.