Kaká diz que agora se sente à vontade no quadrado mágico

Kaká, destaque da partida contra a Nova Zelândia, diz agora estar totalmente à vontade com seu posicionamento no quadrado mágico da seleção. "antes eu pensava estar fazendo o que deveria, mas agora eu sei exatamente o meu papel na equipe, jogar pela direita, junto com o Cafu e com o Adriano, mas caindo pelo meio quando a oportunidade aparece".De acordo com o meia do Milan, sua boa fase se explica devido a "descoberta" de seu papel dentro da formação tática do técnico Parreira. "Agora eu jogo do jeito que eu gosto, voltando e também ajudando os atacantes", contou. Aliás, perguntado sobre o que mudou com a saída de Ronaldo e a entrada de Robinho no time, Kaká foi diplomático."O Ronaldo joga mais enfiado, o Robinho volta mais, mas isso não muda muita coisa para mim. Os dois são grandes atacantes e quando se joga com atacantes como eles, tudo fica mais fácil para nós do meio-campo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.