Kaká é eleito o melhor do mundo pelos jogadores de futebol

Com o título da última Liga dos Campeões, brasileiro deixa Messi para trás e vence disputa do FIFPro

Mark Meadows, da Reuters,

05 de outubro de 2007 | 10h26

O centroavante brasileiro Kaká, do Milan, foi eleito nesta sexta-feira o melhor jogador do mundo em 2007 pela entidade FIFPro, numa escolha em que foi decisiva sua participação na conquista do sétimo troféu da Liga dos Campeões pelo seu time, em maio. Veja também: Milan pega Lazio pelo Italiano tentando deixar crise de lado Mais de 45 mil jogadores profissionais de todo o mundo, filiados ao sindicato FIFPro, foram convidados para votar no prêmio, que está em seu terceiro ano. Kaká, 25 anos, foi o artilheiro da última edição da Liga dos Campeões, com 10 gols, sendo três na semifinal contra o Manchester United. Alvo de uma frustrada e milionária investida do Real Madrid em meados do ano, Kaká também foi essencial para que o Milan conseguisse terminar a série A em quarto lugar, apesar da perda de oito pontos devido a um escândalo de manipulação de resultados. Em julho, ele ficou de fora da seleção brasileira que venceu a Copa América - após pedir dispensa ao técnico Dunga para descansar. No ano passado, outro brasileiro, Ronaldinho Gaúcho, do Barcelona, já havia sido escolhido o melhor do ano pela FIFPro, pela segunda vez consecutiva. Time ideal A FIFPró também anunciou sua equipe ideal, composta por dois brasileiros, dois ingleses, um espanhol, um português, um argentino e um mafinense. Escalação do time ideal: Buffon (Juventus); Nesta (Milan), Cannavaro (Real Madrid), Terry (Chelsea) e Puyol (Barcelona); Gerrard (Liverpool), Kaká (Milan) e Cristiano Ronaldo (Manchester); Messi (Barcelona), Ronaldinho (Barcelona) e Drogba (Chelsea).

Tudo o que sabemos sobre:
KakáFIFPro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.