Kaká está pronto para sua grande final

Antes de embarcar com o Milan para Istambul, onde na quarta-feira acontece a final da Liga dos Campeões da Europa, Kaká reconheceu nesta segunda-feira que o confronto com o Liverpool será o mais importante de sua carreira até agora. Além dele, o time italiano tem mais dois brasileiros entre os titulares: Dida e Cafu. Do lado inglês não há nenhum jogador do País."Estive na final da Copa do Mundo de 2002, quando o Brasil ganhou da Alemanha, mas não joguei. É algo diferente da final da Liga dos Campeões, pois naquela partida eu não fui protagonista, mas agora eu posso participar como primeira pessoa", explicou Kaká."Realizamos uma boa temporada, estivemos até o final na luta pelo ´scudetto´ (o título do Campeonato Italiano ficou com a Juventus) e agora podemos coroá-la com um grande triunfo", afirmou Kaká, que está em sua segunda temporada no Milan. "Nesta campanha amadureci, foi diferente da primeira. Fiz menos gols, mas dei mais passes. Acho que realizei uma boa temporada e que, se na quarta-feira ganharmos, terá sido para mim melhor que a anterior."Tudo pronto - A Uefa anunciou nesta segunda-feira o árbitro escolhido para apitar o jogo entre Milan e Liverpool, que decidirá o título da Liga dos Campeões da Europa, o torneio de clubes mais importante do mundo. A tarefa caberá ao árbitro espanhol Manuel Enrique Mejuto González, de 40 anos.A entidade que comanda o futebol europeu também revelou que o Liverpool jogará com a sua tradicional camiseta vermelha. Já o Milan optou por usar o uniforme número 2, branco, ao invés do vermelho e preto.Para o Milan, a final de quarta-feira no estádio olímpico de Ataturk, em Istambul, na Turquia, é a chance de conquistar o 7º título da Liga dos Campeões em sua história. Já o Liverpool tenta ganhar o torneio pela 5ª vez.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.