Alessandra Tarantino/AP
Alessandra Tarantino/AP

Kaká faz teste na sexta para poder jogar no domingo

Caso não sinta nenhuma dor, o meia brasileiro do Milan estará liberado para enfrentar o Napoli

Agencia Estado

19 de março de 2009 | 18h46

O meia-atacante brasileiro Kaká fará nesta sexta-feira o seu primeiro treino em campo na semana. E, se não sentir dor quando chutar (seu problema é no dorso do pé esquerdo), será relacionado para o jogo de domingo, quando o Milan enfrenta o Napoli, fora de casa, pelo Campeonato Italiano.

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

No último domingo, contra o Siena, Kaká levou um pisão no mesmo local da contusão no pé esquerdo que o havia deixado 36 dias sem jogar. Com dores, teve de ser substituído. E chegou a temer que o problema fosse sério. Mas os exames não apontaram nenhuma nova lesão e ele se acalmou.

A diretoria do Milan prefere que Kaká não jogue domingo e peça dispensa da seleção brasileira, para ter mais duas semanas para resolver definitivamente o problema médico, já que o Campeonato Italiano ficará interrompido até o dia 4 de abril por causa das Eliminatórias para a Copa do Mundo.

Mas, mesmo que ainda tenha um pouco de dor no pé e não jogue domingo pelo Milan, Kaká está decidido a se apresentar à seleção brasileira na terça-feira. Aí, ele continuaria a recuperação na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), e tentaria jogar no dia 29 de março, contra o Equador, em Quito, pelas Eliminatórias da Copa.

Mais conteúdo sobre:
futebolMilanKakácontusão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.