Kaká já encanta todos no Milan

Inzaghi fez o único gol do jogo, Dida garantiu os três pontos com uma defesa milagrosa aos 48 minutos do segundo tempo, mas o grande nome da vitória do Milan por 1 a 0 sobre o Ajax, nesta terça-feira, em Milão, foi Kaká. Ele ganhou a concorrência com Rivaldo e Rui Costa, foi escalado pelo técnico Carlo Ancelotti, jogou os 90 minutos e encheu os olhos dos torcedores e de seus companheiros."Kaká jogou muito bem. Ele é rápido e ajuda bastante os atacantes", disse o atacante ucraniano Shevchenko. "Ele é um craque. Nós o acompanhamos por dois anos e acertamos ao contratá-lo", afirmou Adriano Galliani, vice-presidente do clube.Quando o serviço de som do estádio anunciou que Kaká seria titular, os torcedores aplaudiram com entusiasmo - deixando claro que que já fizeram sua escolha entre ele, Rui Costa e Rivaldo.Foi a primeira partida de Kaká no San Siro - e a terceira no clube. E para ser melhor só faltou fazer um gol. "Estou muito feliz pela minha atuação e também por o Milan ter começado bem na Liga dos Campeões. Eu me senti muito bem em campo e consegui um bom entendimento com Inzaghi e Shevchenko."Nesta terça, fez exatamente um mês que Kaká desembarcou em Milão para se apresentar ao clube italiano. E nesse curto período já conquistou a torcida, o técnico e a imprensa. "As coisas estão acontecendo muito rapidamente. Há um mês eu estava chegando, hoje fui titular num jogo da Liga dos Campeões", comentou o ex-jogador do São Paulo.Os torcedores adoram as arrancadas em velocidade de Kaká. E ele deu várias nesta terça, principalmente no primeiro tempo. O brasileiro teve duas chances para marcar. Na primeira, recebeu uma bola rolada por Shevchenko e bateu de primeira, perto da trave esquerda. Na segunda, no finalzinho do jogo, desceu pela direita, ganhou em velocidade de seu marcador e, sem ângulo, tentou marcar com um toque entre o goleiro e a trave. A bola bateu no poste direito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.