Kaká marca e Milan vence Siena por 2 a 1

Mesmo quando não apresenta um grande futebol, o meia-atacante Kaká é o grande destaque do Milan. Neste sábado, a equipe dirigida por Carlo Ancelotti visitou o Siena e obteve importante vitória, que a deixou muito próxima do título do Campeonato Italiano. Com o triunfo por 2 a 1, o time de Milão abriu 12 pontos de vantagem sobre a Roma, segunda colocada.O fato de atuar na casa do adversário não incomodou os milaneses, que dominaram toda a partida e poderiam ter saído com um resultado mais expressivo. O primeiro gol saiu dos pés do artilheiro Andriy Shevchenko, aos 26 minutos, após bom passe de Kaká. O ucraniano agora soma 21 gols na artilharia do Italiano.Apesar de ter a partida sob controle, o Milan levou um susto aos 38 minutos. Shevchenko tocou a bola com a mão dentro da área. Pênalti convertido por Chiesa, empatando o jogo para o Siena.Na segunda etapa, o líder continuava a perder gols. Pirlo, Shevchenko e Gattuso tiveram boas chances. Falharam na finalização.Eis que surge Kaká. Aos 34 minutos, o brasileiro sofre falta dura de Vergassola, que acaba expulso. No minuto seguinte, Kaká, após desvio de seu companheiro, cabeceia para definir a vitória. "Trabalhamos duro e fizemos tudo para conseguir esta vitória", disse Shevchenko. "Estes três pontos são muito importantes para nos aproximarmos do sonho de conquistar o título."Ao Milan, ainda restam quatro jogos: visita a Udinese, faz o clássico com a Roma, em casa, sai para enfrentar a Reggina e encerra a participação na competição diante do Brescia, em Milão.O único adversários a ameaçar a conquista do Milan (75 pontos) é a Roma (63). A equipe, apesar da desvantagem, ainda tem 6 jogos a realizar. Neste domingo pega o Modena. A Juventus (62) conta apenas com mínimas chances matemáticas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.