Kaká marca mais um gol e Milan vence Cagliari no Italiano

Meia-atacante brasileiro ajuda a recolocar o time rubro-negro na briga por vaga na Liga dos Campeões

Reuters

05 de abril de 2008 | 17h54

Com um gol do meia brasileiro Kaká, o Milan também reduziu a diferença para a Fiorentina, quarta colocada, na 32.ª rodada do Campeonato Italiano, ao vencer o ameaçado Cagliari por 3 a 1. Com o resultado, o Milan sobe para a quinta colocação, com 52 pontos e ultrapassa a Udinese, que tem 50 e joga neste domingo, fora de casa, contra o Siena.Veja também: Classificação / Últimos resultados / Próximos jogosKaká avançou e acertou um belo chute para abrir o placar para o Milan pouco antes de Inzaghi concluir a gol o escanteio cobrado por Andrea Pirlo, aos 31 minutos. O Genoa ganhou esperanças quando Zeljko Kalac, em grande forma desde que substituiu Dida no gol do Milan, deixou a bola passar por debaixo de seu corpo em cobrança de falta por Daniele Conti. Aos 24 minutos do segundo tempo, no entanto, Inzaghi marcou o seu segundo gol no jogo. O time de Carlo Ancelotti, que perdeu por 2 x 1 em casa para o Atalanta no último fim de semana, ultrapassou a Udinese na tabela e chegou ao quinto lugar, enquanto que o Cagliari permanece em ante-penúltimo. A Fiorentina enfrentará o Reggina no domingo. ROMA VENCEO gol de pênalti de Daniele De Rossi aos 35 minutos do segundo tempo ajudou a Roma a vencer o Genoa por 3 x 2 neste sábado e a ficar apenas um ponto atrás da líder do Campeonato Italiano Inter de Milão. A Inter, atual campeã italiana, pode reestabelecer sua vantagem de quatro pontos no domingo quando enfrenta o Atalanta, mas terá que jogar sem seu principal artilheiro, Zlatan Ibrahimovic. O atacante do Genoa Marco Borriello derrubou Rodrigo Taddei sem necessidade na área e Rossi cobrou com perfeição, evitando que seu time tropeçasse na partida que chegou a estar vencendo por dois gols. Em Roma, o time da casa abriu o placar aos 14 minutos quando Taddei aproveitou o rebote do goleiro Rubinho, que defendeu parcialmente o cruzamento de Max Tonetto. O atacante Mirko Vucinic, substituto do contundido Francesco Totti, aumentou a vantagem quatro minutos depois, com um belo chute de longe. O Genoa então marcou duas vezes em um minuto no segundo tempo, Marco Rossi fez o seu depois que o chute de Borriello foi defendido e o atacante Julio Cesar Leon empatou em seguida. A liderança da Inter era de 11 pontos em fevereiro mas a Roma conseguiu reduzir a vantagem para um ponto apenas pela primeira vez e tem agora seis jogos para conseguir seu primeiro título desde 2001. "A gente acreditava mesmo quando estávamos oito pontos atrás. Eles estão com dificuldades, mas nós também estamos", afirmou De Rossi à televisão Sky. A vitória deu um gás à Roma às vésperas do jogo de volta das quartas-de-final da Copa dos Campeões, quarta-feira, contra o Manchester United, quando o time italiano terá que superar uma desvantagem de dois gols. Totti está lutando para se recuperar de um problema na coxa para poder jogar a partida.  

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato ItalianoAC MilanKaká

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.