Kaká melhora e deve jogar 1ª final

A dor diminuiu e o inchaço no tornozelo direito cedeu bastante. Assim, aumentaram as chances de o meia-atacante Kaká, do São Paulo, enfrentar o Corinthians, neste domingo, no Morumbi. O médico José Sanchez está bastante otimista quanto à liberação do atleta para o primeiro clássico da decisão do Torneio Rio-São Paulo. Mas ele afirmou que o teste definitivo será feito antes de a delegação seguir para o estádio. Kaká até queria participar do treino recreativo deste sábado pela manhã, com uma botinha especial para proteger o tornozelo, mas o médico não permitiu. O atleta ficou no setor de fisioterapia, no Centro de Treinamento, fazendo bicicleta. Sanchez disse ainda que o médico da seleção José Luís Runco telefonou na sexta-feira para saber das condições de Kaká, França , Rogério Ceni e Beletti, jogadores que estão nos planos do técnico da seleção Luiz Felipe Scolari para a Copa do Mundo. O médico do São paulo afirmou a Runco que nenhum desses jogadores está vetado para a disputa do Mundial. Nem mesmo o atacante França, afastado da equipe por causa de um problema muscular no adutor da coxa direita. "Mas até a Copa, ele (França) estará em condição de jogar", afirmou Sanchez.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.