Kaká passa por cirurgia no joelho e desfalcará seleção

Recuperação da artroscopia deve demorar 15 dias e ele ainda é dúvida para os jogos das Eliminatórias da Copa

Eduardo Simões, Reuters

23 de maio de 2008 | 13h12

O meia Kaká, do Milan e da seleção brasileira, submeteu-se nesta sexta-feira a uma artroscopia no joelho esquerdo em um hospital no Rio e sua recuperação deve durar 15 dias, informou a assessoria de imprensa do atleta. Simples e rápida, a artroscopia foi considerada um sucesso.O jogador, eleito melhor do mundo na última temporada pela Fifa, foi operado pelo médico José Luis Runco, da seleção brasileira. Kaká deverá deixar o hospital apenas neste sábado, quando já começa a fisioterapia, provavelmente no CCT do São Paulo.Com a operação, o jogador do Milan ficará fora dos amistosos da seleção contra o Canadá no dia 31 de maio e contra a Venezuela no dia 6 de junho. Porém, o meio-campista tem chances de voltar nas duas próximas rodadas das Eliminatórias da Copa: dia 15 de junho, contra o Paraguai, em Assunção, e dia 18 de junho, contra a Argentina, em Belo Horizonte. (com Agência Estado)

Tudo o que sabemos sobre:
KakáAC Milanseleção brasileira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.