Kaká pronto para voltar a brilhar

Os golaços que marcou contra a Colômbia, no sábado, não apenas levaram a seleção brasileira Sub-23 à semifinal da Copa Ouro, quarta-feira, contra os Estados Unidos, mas fizeram Kaká sentir gostinho que fazia tempo não sentia: o de decidir um jogo. Em entrevista exclusiva para a Agência Estado, o meia do São Paulo falou da importância daquela atuação e de como os momentos difíceis vividos no primeiro semestre - uma contusão na coxa direita o deixou 45 dias sem jogar e as vaias que recebeu da torcida são-paulina -, foram importantes para seu amadurecimento.Leia mais no Estadão

Agencia Estado,

22 de julho de 2003 | 08h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.