Kaká tem dificuldade para obter cidadania

O sonho de Kaká tornar-se cidadão italiano está mais distante, pois complicação burocrática dificulta a liberação de seu passaporte europeu. Os responsáveis pela análise das solicitações alegam que a bisavó materna do astro do Milan renunciou à sua nacionalidade, quando emigrou da Itália para o Brasil. Essa atitude interromperia a transmissão natural de seus descendentes pleitearem o direito de serem considerados cidadãos comunitários.?A questão é delicada, mas nossos advogados tratam de reunir os papéis necessários para resolver?, justificou Leonardo, ex-jogador e hoje dirigente do Milan. Ter passaporte italiano facilitará a vida de Kaká ? que poderá circular livremente pela Europa ? e valorizará seu passe. Além disso, abrirá vaga para um extracomunitário no elenco milanês.Desde que chegou à Itália, no segundo semestre do ano passado, Kaká é um dos jogadores que mais ganharam destaque no futebol mundial. Em pouco tempo, deixou de ser promessa ou aposta futura do Milan para virar um dos pontos de referência da equipe.

Agencia Estado,

18 de março de 2004 | 18h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.