Kaká: Time dos casados a partir de sexta

Não adiantam lágrimas de desilusão. Mais um craque brasileiro entra, a partir desta semana, para o time dos casados. Na próxima sexta-feira, Kaká, de 23 anos, e Caroline Celico, de 18, trocam alianças. O príncipe, enfim, ficará com a sua princesa.Esse será o primeiro grande evento de uma série na vida do jogador. Em sua segunda temporada no futebol italiano, Kaká tem vaga garantida no quadrado mágico do time nacional. Mais do que isso, trilha caminho seguro para seu segundo título mundial.Não foi por falta de tentativas que muitas fãs tentaram fisgar o craque do Milan. Nos desembarques da seleção, é comum ouvir uma sonora sinfonia de gritos pelo jogador que também carrega a pecha de sex symbol. Em junho, entretanto, uma torcedora foi além. Quando a seleção se concentrava na Granja Comary, Cristiane Sampaio, de pouco mais de 20 anos, pediu Kaká em casamento. Moradora de Bangu, ela viajou para dizer que pretendia levar o jogador ao altar. "Sou o anjo do Kaká. Virei evangélica por causa dele". No fim, ela ficou só com uma camisa autografada. E ele anunciou, na mesma época, que estava pronto para Caroline.O casal está junto desde a época da Copa do Japão e da Coréia. O noivo exibe, com orgulho, a aliança na mão direita. Manter o relacionamento, porém, exigiu boa dose da paciência. Enquanto Kaká se dividia entre compromissos com a seleção e Milan, Caroline terminava o ensino médio na capital paulista.Evangélicos, Kaká e Caroline celebram a união na sede internacional da igreja Renascer em Cristo, na Avenida Lins de Vasconcelos, no bairro do Cambuci, às 19 horas. Como o Milan joga no dia 21 (quarta-feira) contra o Livorno, fora de casa, o craque só chegará ao Brasil no dia do casamento. No dia seguinte segue com a mulher para a lua-de-mel, em local não divulgado, mas fora do País. O casal morará em Milão e Caroline deverá se dedicar à faculdade.A cerimônia será comandada pelo apóstolo Estevam Hernandes, fundador da Renascer em Cristo, junto com sua mulher, bispa Sonia Hernandes. Kaká vestirá Armani e Caroline, Dior. Sua mãe, Rosângela Lyra, é diretora da marca no Brasil.A recepção dos convidados ? cerca de 600 pessoas ? será no hotel de luxo Grand Hyatt, na Avenida das Nações Unidas, zona sul da cidade. A animação da festa ficará a cargo do Renascer Praise, um dos mais requisitados grupo de linha gospel.

Agencia Estado,

18 de dezembro de 2005 | 08h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.