Kaká vai passar por teste sábado

A bruxa anda solta no São Paulo. Depois de perder França e Gabriel nesta reta final, o time pode agora não contar com o meia-atacante Kaká na primeira partida da decisão do Torneio-Rio São Paulo, domingo, contra o Corinthians. O jogador sofreu um entorse no tornozelo direito, após levar um pisão do volante Vampeta, quarta-feira, e fará um teste no sábado, para saber se terá condições de atuar. Pelo prognóstico do médico do clube, José Sanchez, a probabilidade é muito pequena. "Hoje, diria que estou bastante preocupado, pois o espaço de tempo para o jogo é grande, mas para a recuperação é muito curto", disse Sanchez, ao revelar que o tempo estabelecido para se curar entorses é de, no mínimo, três dias. "Já vi atletas, em alguns casos, se recuperarem antes, vamos torcer." Kaká ainda está com o tornozelo bastante inchado e sentindo dores. "Tenho a esperança de que ele, pelo menos, faça uma avaliação no sábado." O discurso do técnico Nelsinho Baptista é pessimista. Já fala em "grande perda" e garante estar procurando a melhor solução no grupo para suprir a ausência. Aproveita para adiantar quem são os candidatos: Júlio Baptista, Sandro Hiroshi e Dill. "Quem estiver melhor no momento, jogará." Descarta, assim, a possibilidade de o meia Lúcio Flávio ser improvisado como atacante. "Ele continua entre os titulares, mas como meia." Por ética, porém, Nelsinho aguarda a palavra do médico. "Se receber um sinal verde do médico, de que houve melhora, vou aproveitá-lo. Mas só vai jogar se tiver em condições."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.