Kaká volta a marcar e revela desejo de retornar à seleção brasileira

Meia afirma que está trabalhando duro para jogar a Copa depois de marcar seu 1.º gol pelo Milan

Agência Estado,

30 de outubro de 2013 | 21h33

SÃO PAULO - Kaká deu nesta quarta uma nova demonstração de que o seu bom futebol está voltando. Ele foi o destaque do Milan no empate em 1 a 1 com a Lazio, no estádio San Siro, em Milão, ao marcar um belo gol que abriu o placar. Foi a primeira vez que Kaká balançou as redes nesta segunda passagem pelo clube italiano - este foi o seu quinto jogo.

 

Na jogada, o brasileiro recebeu de Balotelli na ponta da área, pelo lado esquerdo, e acertou um chute de primeira no ângulo, aos 9 minutos do segundo tempo. À imprensa italiana, o brasileiro exaltou o resultado e a nova fase. "Eu sempre trabalho duro. Eu não sei se eu posso voltar a jogar no nível de oito anos atrás, mas eu estou tentando de verdade", disse.

 

O meia deixou claro que espera uma nova chance na seleção brasileira, ofuscada por um período de poucas chances no espanhol Real Madrid, em que jogou nos últimos quatro anos, e por uma lesão sofrida logo que chegou ao clube italiano. "Todo mundo está dizendo que estou dando muito ao Milan. Eu quero jogar a Copa do Mundo em meu país no ano que vem e é nisso que o time está me ajudando", revelou.

 

Kaká tem ficado fora das convocações de Luiz Felipe Scolari para jogos da seleção brasileira. O técnico manteve time semelhante ao que atuou na Copa das Confederações, no meio deste ano, para amistosos em 2013. Na próxima quinta, o técnico deve escalar novo time para enfrentar Honduras e Chile.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.