Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Kannemann e Douglas culpam inexperiência dos reservas do Grêmio por derrota

Equipe tropeçou para o Sport por 4 a 3 em Porto Alegre

Estadão Conteúdo

27 Outubro 2018 | 20h14

Os jogadores mais experientes do Grêmio e que estiveram no gramado da Arena neste sábado, não tiveram dúvidas em apontar a inexperiência como a principal causa para tantas falhas e para a derrota para o Sport, pelo placar de 4 a 3, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Para o zagueiro Kannemann, único titular escalado porque está suspenso na Copa Libertadores, "o nosso time foi de base mesmo. Nós cometemos erros infantis e que não se admite num time profissional". "Temos que ver bem este vídeo e nunca mais perder deste jeito", afirmou o defensor, não poupando os jovens lançados pelo técnico Renato Gaúcho.

Os números comprovam as palavras do zagueiro. Até então, nunca o Grêmio tinha sofrido quatro gols no Brasileiro. Deixou de ser a melhor defesa, ao lado do Palmeiras, com 19 gols. Além disso, não perdia diante de sua torcida há cinco meses, quando levou 2 a 0 do Palmeiras pela 10ª rodada.

O meia Douglas teve um discurso parecido. Mas diz que criticou o time com a intenção de acordar os jogadores mais jovens. "Nós perdemos para nós mesmos. Falhamos demais e perdemos. Nosso objetivo era pontuar porque estamos mirando o G4 na tabela porque não sabemos ainda como vai ficar nossa situação na Libertadores", disse o meia. Ele se referia ao fato de que o Grêmio precisa ser campeão para ter vaga em 2019.

Com a derrota, o Grêmio continua em quinto lugar, com 52 pontos. Por fim, Douglas falou o que todos parecem pensar neste momento no clube, que o mais importante é superar o River Plate e garantir a presença na final contra Palmeiras ou Boca Juniors. Como venceu em Buenos Aires, por 1 a 0, o Grêmio só depende de um empate na volta na próxima terça-feira à noite, na Arena. "A derrota já aconteceu. Agora é focar bem neste jogo decisivo, porque não podemos vacilar um segundo diante destes argentinos", alertou.

No Brasileiro, o Grêmio só volta a jogar no outro sábado, às 21 horas, diante do Atlético Mineiro, na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.