Thiago Ribeiro/Botafogo
Thiago Ribeiro/Botafogo

Kanu reclama da arbitragem e lamenta revés do Botafogo: 'Falta muita coisa'

Zagueiro foi pivô do lance que culminou com o pênalti que deu o resultado positivo para o Red Bull Bragantino

Redação, Estadão Conteúdo

16 de novembro de 2020 | 23h08

O zagueiro Kanu desabafou sobre o uso do VAR após a derrota do Botafogo para o Red Bull Bragantino por 2 a 1 na noite desta segunda-feira, no Engenhão, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. O defensor foi pivô do lance que culminou com o pênalti convertido por Claudinho, já nos minutos finais do duelo.

"Falta critério da arbitragem, assim como foi contra o Bahia. Mas é assim sempre contra o Botafogo. Como eu iria tirar a mão naquela hora. O que eu poderia fazer?", falou o defensor do clube carioca logo após o jogo.

O Botafogo saiu revoltado com a atuação da arbitragem nesta segunda-feira. Rodolpho Toski Marques consultou o VAR e mandou o jogo seguir em uma bola que teria batido na mão de Victor Luis. No lance seguinte, nova polêmica. A bola pegou em Kanu e a marca da cal foi apontada. Claudinho cobrou e fez o gol da vitória do Bragantino.

Kanu também analisou a atuação do Botafogo e admitiu que o desempenho foi ruim. "Falta muita coisa. Estamos trabalhando para isso. Nos empenhando o máximo para reverter essa situação junto com a comissão nova para sairmos dessa situação", concluiu.

A situação do Botafogo é delicada. O time carioca não vence há cinco rodadas e ocupa a 18ª colocação, com 21 pontos, um a menos do que o Vasco, o primeiro fora da degola. Agora tem seis dias para trabalhar para o duelo contra o Fortaleza, neste domingo, às 18h15, novamente no Engenhão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.