Karanka prevê mata-mata 'muito complicado' para o Real

Poucas horas depois de o sorteio desta sexta-feira, em Nyon, na Suíça, definir que o Real Madrid enfrentará o Galatasaray nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, o auxiliar do técnico José Mourinho, Aitor Karanka, foi dar entrevista coletiva no clube espanhol, onde deixou em segundo plano o favoritismo anunciado do seu time neste mata-mata continental, qualificado por ele como "muito complicado".

AE, Agência Estado

15 de março de 2013 | 13h30

"Se um rival está nas quartas de final é por algo. Nos enganamos se pensamos que vai ser um adversário fácil. O Galatasaray tem jogadores de muita experiência, alguns que estiveram conosco aqui, ou gente como Drogba, e vai ser uma eliminatória muito complicada", previu Karanka.

Antes disso, porém, o auxiliar ressaltou que o Real precisa seguir focado nos seus próximos desafios no Campeonato Espanhol, no qual o time enfrentará o Mallorca, neste sábado, no Santiago Bernabéu, em Madri. "Haverá tempo para pensar neste encontro (com o Galatasaray) e estudar o rival. Agora nos concentramos em amanhã (sábado), que é o que temos de fazer", enfatizou.

Já ao comentar o fato de que o Real terá de jogar a segunda partida das quartas de final na Turquia, após o jogo de ida em Madri, Karanka lembrou que o técnico José Mourinho ganhou outras edições da Liga dos Campeões (por Porto e Inter de Milão) atuando nesta condição. "O mister (Mourinho) nos deixou claro. As experiências que ele teve quando ganhou a Champions foram jogando o duelo de ida em casa. Esperamos seguir esta linha e conseguir passar às semifinais", projetou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolReal MadridAitor Karanka

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.