Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

Kardec volta a marcar e pode ser titular contra o Santos

Atacante marcou o gol 10 mil da história do São Paulo

O Estado de S. Paulo

26 de outubro de 2015 | 07h00

Alan Kardec pode, finalmente, estar dando a volta por cima com a camisa do São Paulo. Após sete meses longe dos gramados, o atacante voltou a balançar as redes, contra o Coritiba, e pode ganhar mais uma oportunidade como titular na decisiva semifinal da Copa do Brasil contra o Santos. 

Antes do primeiro gol na partida contra o Coritiba, a última vez que Alan Kardec havia marcado foi em 29 de março, na vitória de 3 a 0 contra o Linense, pelo Campeonato Paulista. Ele se machucou na partida contra o San Lorenzo, pela Libertadores, no dia 1º de abril. 

"Foi um gol importante acima de tudo. Pelo lado individual, é muito bom pode marcar após o período em que passei pela lesão, trabalhando sério e nunca desistindo dos meus sonhos e objetivos", comemorou Alan Kardec. 

Seu retorno acabou sendo histórico: foi o gol de número 10 mil na história do São Paulo. A primeira vez que foi relacionado após a contusão foi contra o Fluminense, na estreia de Doriva no comando do time. Sua primeira participação foi contra o vasco, quando saiu do banco para substituir Luis Fabiano. 

"Sabendo também que poderia ser o gol 10 mil antes da partida começar, fico feliz por participar dessa história. Um amigo me disse que eu marcaria o gol 10 mil e isso aconteceu, eu acreditei", disse o jogador. 

Na próxima partida, Kardec pode ter a chance de começar novamente como titular justamente no lugar de Luis Fabiano. Neste domingo o centroavante sentiu dores musculares e foi desfalque de última hora, podendo ficar também de fora da Copa do Brasil. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.